Fazenda Capoava

Uma pausa nos posts da nossa viagem à Europa para contar todos os detalhes do delicioso fim de semana na Fazenda Capoava (reserve aqui). Tivemos a sorte e o privilégio de passar três dias ensolarados ali, justamente, e por pura coincidência,  durante o aniversário de dezesseis anos da fazenda como hotel.O sábado foi uma festa! O menu era carneiro, feito ali na hora mesmo, acompanhado de muito vinho e champanhe para brindar! Escutamos alguns funcionários, familiares dos proprietários e hóspedes discursarem, e aos poucos, eles foram confirmando o que a gente já estava achando do lugar. Um hotel que te faz sentir em casa com funcionários interessados e sempre dispostos à  servir e ajudar. A maioria deles trabalha no local há anos e a equipe se mantém unida e conhece os hóspedes frequentes pelo nome. Achamos isso o máximo.

Que o lugar é um paraíso e que a experiência foi ótima, acho que já ficou claro, até mesmo pelos posts no Instagram. Agora contaremos um pouco da parte prática, do como chegar, o que está incluído na diária e o que eles oferecem tanto para adultos como para famílias.

A fazenda está localizada entre Salto e Itú, desde Campinas são apenas setenta e cinco quilômetros feitos em mais ou menos uma hora. Os últimos nove quilômetros da viagem são em estrada de terra em ótimas condições, com bastante cascalho e quase sempre plana, não sendo necessário um carro alto ou 4×4 para realizar o trajeto.Nas diárias todas as refeições já estão incluídas. Começando pelo café da manhã com pães, frios, iogurtes, sucos naturais e uma parte quente direto do forno à lenha, com linguiça calabresa, omelete, ovo mexido e afins. No almoço as opções são variadas, quase sempre com uma opção de carne, massa e peixe. Aos sábados nos deliciamos com a tradicional feijoada da Capoava.
Também aos sábados, o lanche da tarde servido em uma das salas da sede tem aquele gostinho de infância e precede o jantar, que era uma de nossas horas favoritas com muita variedade assim como no almoço, mas com pratos um pouco mais elaborados e diferentes. Uma sopa de abóbora com gengibre ganhou nosso coração!A carta de vinhos é composta somente por exemplares brasileiros e os preços são muito bons. As bebidas são à parte, mas tem um preço justo, condizente com os praticados em outros hotéis do tipo. A carta de cachaças também é um ponto alto do hotel e mostra bem como eles apoiam e incentivam a busca pelas raízes brasileiras e pelo turismo regional. Para os que gostam de doces típicos, as sobremesas vão agradar e muito!

O hotel é membro do Roteiros de Charme e começou como um hotel para casais que viu que ao longo do tempo que sua área e estrutura seriam também perfeitas para receber crianças. O que é interessante é que mesmo ele sendo bastante voltado para as crianças com programação intensa, monitores e várias atividades, isso não excluí o romantismo daqueles que preferem visitá-lo à dois.

A decoração é super típica de fazenda com móveis rústicos, de bom gosto e que compõe perfeitamente o clima de sinta-se em casa!Já que falamos nos pequenos, para eles, monitores se dividem o dia inteiro com o objetivo de aproveitar ao máximo os cinquenta alqueires da propriedade entre brincadeiras no lago, passeios à cavalo, stand up paddle, caiaque, sala de jogos, convivência com animais como tucanos e galinhas… enfim, não há como ficar entediado frente à tantas opções de lazer. Enquanto isso, os pais podem aproveitar as saunas, as duas piscinas, o spa, os bares da propriedade ou até mesmo curtir todos os passeios enumerados ao lado dos filhos gerando uma convivência familiar em meio à muito verde. 

Para nós que fomos sem filhos, a parte favorita foi com certeza a área da piscina. Elas são duas, sendo uma delas bem quentinha, com espreguiçadeiras espalhadas pelo jardim e uma vista entre o lago e a sede do século XVIII. No menu do bar petiscos para provar entre as refeiçoes e caipirinhas preparadas na hora com frutas frescas, uma delicia!

A piscina também pode ser usada pelas crianças, é claro! Mas vale dizer que eles não tem salva-vidas e que os pais ou monitores devem ficar de olho nos pequenos! Coletes salva-vidas estão disponíveis e toalhas são sempre repostas.Se depois de tantas atividades você resolver ir para o quarto, a fazenda conta com tipos diferentes de hospedagem. A primeira delas são quartos na própria sede, em nossa opinião ideais para aqueles com mais dificuldade de locomoção e famílias com crianças menores que demandem mais voltas ao quarto durante o dia. Existem opções para casais (Capoava Loft) e opções com dois quartos que acomodam até quatro pessoas (Capoava Padrão).À beira do lago existem também duas opções o Ipê e o Lago, o primeiro ideal para famílias acomodando até quatro pessoas, e o segundo perfeito para casais, com varanda e todas as facilidades dos outros quartos. Embaixo da belíssima figueira perto da recepção, também outras duas opções de chalé, sendo o Figueira e o Figueira com jardim.

O que ficamos hospedados é o Colônia, que tem dois andares, com sala de estar, lareira, varanda com rede para descanso e banheiro no andar inferior. O único ponto negativo é para nós um dos positivos, a escada de madeira, super charmosa. Mas que pode apresentar dificuldade para quem tem mobilidade reduzida ou crianças pequenas. A fazenda não aceita animais de estimação, todos os quartos tem frigobar, ar condicionado e edredons deliciosos! Os amenities são todos da Natura.Um museu chamado Espaço Memória Capoava reúne itens como objetos, documentos, obras de arte e até cópias de um caderno antigo com receitas da vovó, o mais legal é que as receitas podem ser encontradas no buffet do hotel, com uma releitura da chef Heloísa Bacellar. O espaço é muito interativo, convida ao toque, a interação e a uma viagem no tempo. Ele é aberto ao público, mediante reserva prévia, e para os hóspedes a entrada é grátis.

O contato está no webiste deles (link).A fazenda é cercada de muita área verde e isso contribuí muito para que você se sinta ainda mais perto da natureza. As árvores são centenárias e una figueira perto da entrada da recepção é espetacular, a sombra que ela faz é gigante e esse é somente um dos exemplares da belíssima flora espalhada pela Capoava.

Muitos aves também sobrevoam a propriedade e fazem de seus galhos sua morada. Frequentemente você verá tucanos, assim como esse da foto, bem perto e acordará ao som de passarinhos cantando. Galinhas também são vistas andando livremente pela fazenda em um clima super descontraído. Uma coisa que achamos bem legal é que alguns dos monitores são biólogos e eles tentam passar para os pequenos exemplos de proteção e cuidado com a fauna e a flora.Enfim, espero que a gente tenha conseguido resumir em palavras este fim de semana tão especial. A fazenda realmente deixa aquele gostinho de quero mais, aquela sensação de que precisamos voltar logo e vivenciar um pouquinho mais do que este lugar tem a oferecer. Percebemos de verdade, que hóspedes e funcionários se sentem à vontade por lá, e por isso voltam. A culinária, o conforto e a proximidade com as grandes cidades também contribuem e muito para que se possa curtir o fim de semana, um dia especial ou até mesmo uma semana de férias.
Até breve, Fazenda Capoava! Voltaremos logo!

 

 

 

Comments

comments

Maria Alice & Rafael
hello@fastencitybelt.com.br

Um casal apaixonado pela aventura de ver o mundo com outros olhos, fotografar por outros ângulos e passear por lugares óbvios em busca do incomum. A ideia do site nasceu da união da profissão do Rafael como fotógrafo e das oportunidades de viagem que os estudos da Maria Alice proporcionaram, somado as viagens que sempre fizemos como hobby.