Fátima

Saimos de Lisboa em nosso carro alugado em direção a cidade de Fátima, onde peregrinos do mundo todo visitam o Santuário de Nossa Senhora de Fátima. A cidade tem o turismo totalmente voltado para o religioso e você pode contar dezenas de lojas de artigos religiosos e de souvenires.

Optamos por dormir uma noite na cidade, pois já estávamos no meio da nossa viagem, precisando de um dia para organizar as fotos, a bagagem, planejar os dias que estavam por vir e de quebra poder aproveitar com calma a energia maravilhosa deste lugar tão sagrado e emocionante. Entretanto, a cidade pode ser visitada em apenas algumas horas e existem lugares de maior interesse turístico que ela para dormir, mas não nos arrependemos e o custo benefício desta parada acabou compensando.

Nos hospedamos no simpático hotel Cinquentenário (reserve aqui), localizado a menos de cinco minutos a pé do santuário. A cidade é bem pequena e dificilmente você ficará hospedado em um lugar de difícil acesso, mas nós deixamos o carro no estacionamento do hotel e só pegamos na hora de ir embora, ou seja, fizemos tudo caminhando.Os horários das missas está disponível no site deles (link), mas você pode acompanhar em transmissão online de qualquer lugar do mundo. Foi muito emocionante assistir uma missa ali, ver muitas pessoas ajoelhadas cumprindo suas promessas e a força da fé.

Acabamos almoçando e jantando no mesmo restaurante em todas as refeições, nosso escolhido foi o Confeitaria e Taberna a Portuguesa (link), comida caseira, deliciosa e o dono super atencioso. Adoramos e nos sentimos em casa.Nossa passagem por Fátima foi rápida, intensa e inesquecível, achamos sim que vale a pena visitar e sentir a emoção que este lugar transmite. Nossa próxima parada é Coimbra, continue viajando com a gente e até breve!

Comments

comments

Maria Alice & Rafael
hello@fastencitybelt.com.br

Um casal apaixonado pela aventura de ver o mundo com outros olhos, fotografar por outros ângulos e passear por lugares óbvios em busca do incomum. A ideia do site nasceu da união da profissão do Rafael como fotógrafo e das oportunidades de viagem que os estudos da Maria Alice proporcionaram, somado as viagens que sempre fizemos como hobby.