Dia da Bastilha (“Le quatorze juillet”) – Paris, França

Se você pretende visitar Paris em Julho, não perca a celebração do Dia da Bastilha. Conhecida também por “La Fête Nationale”, o dia 14 de julho, Dia da Bastilha, comemora a data do início da Revolução Francesa. Existem várias maneiras de se celebrar esse glorioso dia da história francesa em Paris. Muitas pessoas assistem às celebrações públicas vestidas e/ou com pinturas faciais das cores símbolo do dia e da República Francesa, o azul, o branco e o vermelho. Essas celebrações incluem muitas vezes: desfiles militares e civis; performances musicais; refeições comunais e piqueniques; danças; bailes; e fogos de artifício espetaculares.

Tratada

Há uma grande parada militar na avenida Champs-Élysées em Paris na manhã de 14 de julho. Homens e mulheres de várias unidades militares da França, incluindo cadetes das escolas militares, da Marinha Francesa e da Legião Estrangeira Francesa, participam do desfile. O desfile termina com o Corpo de Bombeiros de Paris. Aviões militares sobrevoam o percurso do desfile soltando fumaça nas cores francesas. O presidente francês abre o desfile e passa revista nas tropas e nas milhares de pessoas da linha da rota (cumprimenta com olhar), além de saudar todo o povo francês.

Tratada 3

Em outras áreas de Paris, como os parques, Campo de Marte (ao lado da Torre Eiffel), Jardim de Luxemburgo, “Esplanade des Invalides” e o Jardim de Tuileries (a frente do museu do Louvre), cidadãos franceses e turistas passam o dia tranquilamente e comemoram através da preparação de uma refeição comemorativa ou fazendo piqueniques com a família e amigos. Você pode se juntar-se a essa multidão, comprar um vinho ou um champanhe nacional (que será barato, pois você está na Franca), harmoniza-los com queijos e baguettes, e aproveitar a atmosfera festiva. No inicio da noite, um show de fogos de artificio acontece na Torre Eiffel, ponto maximo das celebrações, que não se pode perder.

Tratada 4

O Dia da Bastilha é um feriado na França, portanto correios, bancos, e muitas empresas estão fechadas. Restaurantes e cafés fora de zonas turísticas também podem ser fechados. No entanto, padarias e algumas lojas em Paris, bem como em aeroportos e estações ferroviárias e ao longo das principais rodovias, estão abertas. Horários de serviço público de transporte variam dependendo de onde se vive e pretende viajar, portanto cheque com antecedência. Estradas e ruas nos centros das aldeias, vilas e cidades (especialmente em Paris) podem ser fechadas para desfiles e outros grandes eventos públicos.

Tratada 2

Um pouco de história

A “Bastille” foi uma fortaleza medieval e prisão em Paris durante o século XVI. Muitas pessoas na França associam tal fortaleza com a linha dura da monarquia Bourbon no final do século XVI. Em 14 de Julho de 1789, as tropas revolucionarias invadiram a Bastilha. Este foi um evento crucial para o início da Revolução Francesa. Um ano depois, em 1790 a “Fête de la Fédération” foi realizada para comemorar o estabelecimento de uma monarquia constitucional na França.

Dia da Bastilha foi transformado em um feriado público pela primeira vez em 14 de julho de 1880. A parada militar em Paris tem sido realizada todos os anos desde 1880, exceto durante a II Guerra Mundial. As forças francesas livres desfilaram nesta data, em Londres, Inglaterra, de 1940 até 1944.  A celebração do 190º aniversário da queda da Bastilha, em 1979, teve como atração Jean Michel Jarre, que realizou um concerto em Paris, que atraiu um milhão de pessoas, considerada a maior multidão em um concerto ao ar livre.

 

Fotos e texto by Victor Flosi

Comments

comments

Maria Alice & Rafael
hello@fastencitybelt.com.br

Um casal apaixonado pela aventura de ver o mundo com outros olhos, fotografar por outros ângulos e passear por lugares óbvios em busca do incomum. A ideia do site nasceu da união da profissão do Rafael como fotógrafo e das oportunidades de viagem que os estudos da Maria Alice proporcionaram, somado as viagens que sempre fizemos como hobby.